Vendo Sapata Miura La Sportiva

Fala galera!!!

Estou vendendo um par de sapatilha Miura La Sportiva N° 9,5 = 42,5 Italy.
Modelo muito usado por Ada Ondra, Tomy Candwel...

Vendo porque ficou um pouquinnnnnnhoooo frouxa em meu pé... para escalada tradicional
esta perfeita, só que ja tenho 2 pares de sapatilha para parede longa...

Galera é ZERA!!! Usei em uma via esportiva de 9M só pra provar...paguei 365,00 reais com frete. Mando no mesmo valor com o frete pago por mim, e sem choro nem churumelas, é esse preço!!! hehe... ou, se alguem tiver uma 8,5 = 41,5 ZERADA tbm, troco...dependendo do modelo!!!

Meu contato: nando.surfclimb@gmail.com Cel: (48) 8456 7777

Confira:  http://www.lasportiva.com/catalogue/catalogo.php?cat=10&cod3=971&Language=EN

Miura  miura 2

Abraço!!!

Nando Grillo.

Corpo de Bernardo não será resgatado do Fitz Roy

No último sábado, a irmã do alpinista se reuniu com autoridades da Argentina e juntos tomaram uma decisão: apesar da melhora do clima, não vai haver resgate. O corpo de Bernardo Collares vai ficar para sempre no alto do Fitz Roy.
Na matéria de ontem do Programa Fantástico, a irmã de Bernardo deu entrevista falando sobre o acidente. Érika foi para Él Chaten na semana passada e aguardava, junto com outros montanhistas, uma melhora nas condições climáticas para que fosse feito o resgate. Segundo as autoridades e montanhistas experientes da região, a única forma de chegar até Bernardo seria com um helicóptero.
Após uma reunião e mesmo com a melhora do tempo, eles decidiram que o corpo de Bernardo não será retirado do Fitz Roy. "Que ele fique na montanha. Era ali que ele estava exercendo o ofício que mais gostava. E ele está em um local que sempre sonhou. Acho que ele gostaria de ficar por lá", disse Érika na reportagem.

Homenagem ao montanhista Bernardo Collares

A diretoria da Federação de Montanhismo do Estado do Rio de Janeiro
(FEMERJ) convida a todos para participarem da homenagem ao amigo
querido e ex-presidente da FEMERJ, que será realizada na Urca, no dia
15 de janeiro (sábado).
Pela manhã, montanhistas farão diversas escaladas no Monumento
Natural dos morros do Pão de Açúcar e da Urca, e no morro da
Babilônia. Às 15 horas, montanhistas, amigos e familiares se
encontrarão na Praça General Tibúrcio (Praia Vermelha), onde Silverio
Nery, presidente da Confederação Brasileira de Montanhismo e Escalada
(CBME), e Delson de Queiroz, diretor de meio ambiente da FEMERJ, farão um
pronunciamento.
Montanhistas de vários estados do Brasil também realizarão homenagens
ao Bernardo neste dia. Em Minas Gerais, serão feitas várias escaladas
na cidade de Caeté. No Paraná, montanhistas se reunirão no morro do
Anhangava, município de Quatro Barras. Em São Paulo, o local escolhido
foi a Pedra do Baú, onde Bernardo gostava muito de escalar.

Diretoria da FEMERJ

O que devo fazer?

O que devo fazer?

“O que devo fazer? Não agüento mais!” Há algum tempo, a representante da fundação suíçaPro Juventude disse em um programa de rádio que essa questão é uma das que mais preocupa os jovens.

A pergunta “O que devo fazer?” é tão antiga quanto o próprio pensamento. O famoso filósofo Immanuel Kant já apresentava questionamentos semelhantes por volta de 1770: “O que posso saber? O que devo fazer? O que posso esperar? O que é o homem?”[1]

O homem pode procurar em muitos lugares, mas não terminará sua busca enquanto não recorrer à Bíblia. Só ela pode nos dar uma resposta conclusiva sobre o que devemos fazer e para quê existimos.

Certa vez perguntou-se ao Senhor Jesus: “Que faremos para realizar as obras de Deus?” (Jo 6.28), ao que Ele respondeu: “A obra de Deus é esta: que creiais naquele que por ele foi enviado” (v.29).

A maior desgraça do ser humano é não crer em Jesus. Não há negligência maior! Em comparação, todas as outras experiências negativas são meros grãozinhos de areia. Quem está caído num buraco escuro estará disposto a fazer qualquer coisa para sair dele. Mesmo ao enfrentar males menores nos dispomos a enfrentar riscos maiores apenas para melhorar nossa reputação. Mas a solução do problema original de nossa vida é a fé em Jesus Cristo.

No dia de Pentecostes os judeus perceberam que não estavam realmente bem, apesar de seguirem todos os preceitos da lei. Devido à pregação cristocêntrica de Pedro aconteceu o seguinte: “Ouvindo eles estas coisas, compungiu-se-lhes o coração e perguntaram a Pedro e aos demais apóstolos: Que faremos, irmãos?” (At 2.37). A resposta de Pedro foi a única correta: “Arrependei-vos, e cada um de vós seja batizado em nome de Jesus Cristo para remissão dos vossos pecados, e recebereis o dom do Espírito Santo” (v.38). O resultado não deixou de aparecer: “Então, os que lhe aceitaram a palavra foram batizados, havendo um acréscimo naquele dia de quase três mil pessoas” (v.41).

Saulo de Tarso era um homem que odiava Jesus e Sua Igreja de todo o seu coração. Transtornado pela ira, ele fazia de tudo para destruir a Igreja dos cristãos. Mas um dia o Senhor o encontrou. Vencido por esse acontecimento sobrenatural, Saulo fez a pergunta decisiva: “Senhor, que queres que faça?” (At 9.6, RC). O Senhor perdoou os pecados de Saulo e escolheu-o como apóstolo das nações. Além disso, ele recebeu um novo nome: Paulo.

O carcereiro de Filipos tinha a tarefa de vigiar dois prisioneiros com especial cuidado: o apóstolo Paulo e seu companheiro Silas. Esse guarda durão estava acostumado a muitas coisas. Ele cumpria sua tarefa seguindo regras rígidas, mas isso não lhe trazia satisfação. Ele teve tempo para observar Paulo e Silas. Assim, percebeu que eles não se queixavam da sua desgraça, mas começaram a cantar, sim, a louvar a Deus. De repente um terremoto abalou a prisão, de forma que as portas se abriram e as cadeias de todos os prisioneiros se romperam (At 16.26). O carcereiro acordou do seu sono, percebeu sua situação comprometedora e quis matar-se com sua espada (v.27). Talvez ele já estivesse questionando sua vida há muito tempo, sentindo-se frustrado por aquilo que havia dentro e em volta dele. Paulo percebeu isso e consolou-o. Depois disso o homem fez a pergunta decisiva: “Senhores, que devo fazer para que seja salvo?” (At 16.30). Paulo respondeu sem hesitar: “Crê no Senhor Jesus e serás salvo, tu e tua casa” (v.31). A fé nessa mensagem revolucionou a vida do carcereiro – ele tornou-se um novo homem no mais verdadeiro sentido da palavra: “Naquela mesma hora da noite, cuidando deles, lavou-lhes os vergões dos açoites. A seguir, foi ele batizado, e todos os seus. Então, levando-os para a sua própria casa, lhes pôs a mesa; e, com todos os seus, manifestava grande alegria, por terem crido em Deus” (v. 33-34).

Vamos analisar com mais atenção as perguntas do filósofo Immanuel Kant, mencionadas no início:

O que posso saber?

Você pode saber que Jesus é a esperança para a vida de todos. Para Ele não há casos perdidos. Você também pode saber que Ele tem poder para perdoar os pecados e dar não somente vida nova, mas vida eterna. Você pode saber que Jesus oferece um tipo de segurança que não acaba amanhã nem depois de amanhã. A vida espiritual do apóstolo Paulo começou com a pergunta: “Quem és tu, Senhor?... Senhor, que queres que faça?” (At 9.5-6). Pouco antes de sua morte, já idoso, ele pôde testemunhar: “...porque sei em quem tenho crido...” (2 Tm 1.12).


O que devo fazer?

Os exemplos citados anteriormente mostram que é preciso decidir-se por Jesus, pois “a obra de Deus é esta: que creiais naquele que por ele foi enviado” (Jo 6.29). As pessoas que tinham escutado a pregação de Pedro no Pentecostes aceitaram a Palavra de Deus de boa vontade. O carcereiro de Filipos ficou feliz por ter se tornado crente junto com toda a sua casa – esse foi um ato de decisão consciente. Ele se colocou à disposição do Senhor.

O que você deve fazer? Aceite o convite de Deus feito por meio do Seu profeta: “Buscai-me e vivei” (Am 5.4).

O que posso esperar?

Quem realmente procura Deus vai encontrá-lO, obterá perdão dos pecados e viverá! Tal pessoa pode ter a esperança de que o Senhor nunca mais a abandonará e a conduzirá até a eternidade. Em Jesus, os fardos são aliviados, a esperança nasce, orações são atendidas e as dificuldades existentes são transpostas. Não dependemos mais de nós mesmos: Jesus está conosco!

O que é o homem?

Sem Jesus ele é uma vítima indefesa de Satanás e do pecado. Mas com e por meio de Jesus o homem ganha uma nova posição: ele se torna filho de Deus, co-herdeiro de Jesus e, assim, herdeiro do Pai celeste. Então vale o seguinte: “E, assim, se alguém está em Cristo, é nova criatura; as coisas antigas já passaram; eis que se fizeram novas” (2 Co 5.17). (Norbert Lieth - http://www.apaz.com.br)

Luto no Montanhismo

Sempre que recebemos esse tipo de notícia, acabamos nos abalando muito.
Mesmo não tendo a oportunidade de tê-lo conhecido pessoalmente, conhecia seus grandes feitos.
Hoje quando abri a internet, me deparei com esta notícia.
Descanse em Paz !!!
 
Abaixo a nota divulgada pelo escalador André Ilha:
Oi gente,
Tenho, infelizmente, a pior notícia do mundo para dar para vocês: a morte do nosso querido amigo e presidente da FEMERJ Bernardo Collares.
As informações de que disponho são ainda muito parciais, mas ele aparentemente chegou ao cume do Fitz Roy com a Kika Bradford e sofreu um acidente em, talvez, um dos primeiros rapéis (já que eles estavam a 35 enfiadas de altura) e quebrou a bacia, além de sofrer uma hemorragia não sei onde. Ele não conseguia se mexer e, nessas condições, é óbvio que a Kika não tinha o que fazer a não ser descer para tentar obter socorro e, claro, não morrer também. Ele próprio falou para ela descer...
Evidentemente a descida dela foi lenta e dramática, mas felizmente sem novos acidentes, e quando ela chegou a El Chalten deu a notícia e desabou em choque. Havia muita gente competente por lá, inclusive o Serginho Tartari, Rolo Garibotti, guias profissionais da Europa, médiocos, mas todos concordaram que não fazia sentido ir até lá tanto tempo depois (passaram-se duas noites, uma com tormenta, e o Bernardo estava sem água, comida e o saco de dormir estava molhado...), em más condições, até porque não havia como retirar alguém quase do cume do Fitz com fratura de bacia a não ser de helicóptero, e não havia helicóptero com piloto experiente por perto... Isso é tudo o que sei por enquanto, não sei nem em que vias eles estavam.
Além do grande amigo de tantos de nós, o Montanhismo brasileiro fica, assim, de luto e órfão de um dos mais - se não o mais - importantes agentes da organização do nosso esporte e do reconhecimento de sua importância perante os olhos das autoridades públicas.
A perda é irreparável em todos os sentidos, e nem sei mais o que falar nesse momento.
Abraços e beijos,
André Ilha.
P. S.: vou sentir muita falta, dentre tantas outras coisas, daqueles e-mails dele cheios de reticências..."
Fonte: http://escaladasnosul.blogspot.com/2011/01/luto-no-montanhismo.html

Escaladinha de Fim de Ano e Novo Setor Região Sul

Via nao morra namaguideráz VIIc 7

Comecei os últimos dias do fim de ano indo ao setor de boulders do morro da Antena em Tubarão, logo após o campeonato de escalada, junto com Gonça, Leandro, Júlio, Marçal e Calvette para tentarmos repetir um hig ball alucinante que abri no meio do ano passado junto com Leandro, e tambem levando a rapaziada para o sertor Laranjeiras, Filipe, André, Arnaldo e Leandro. Esse setor ainda vou ficar devendo umas fotos, pois o Leandro ainda não me passou as fotos que ele fez, e o lugar é meio dificil de fazer fotos, pois a rocha fica próxima das árvores. Mas o setor é alucinante, regletes, fendas, chaminé, top rop e guiando. Com sombra o dia toto e caminhada fácil para chegar, fica excelente para a escaladinha esportiva de verão.

Na tentativa da cadena do hig boulder Apocalipse VIIa/b Tiago Gonçalvez com muita atitude entrou no boulder trez vezes e fez alguns voos incriveis a uns 3 metros do chão!!! O cara é fissurado, quase mandou e tenho certeza que breve sai, e após uma das quedas, caiu com o braço fora do colchão e machucou o punho, e o Julio saiu rolando ladeira abaixo hehehe…o Gonça é o único cara que fica feliz mesmo depois de uma queda dessas, e ainda faz um vídeo da queda!!! hehehe…não tem tempo ruim com o bixu não. (assista o vídeo – clique aqui) E no mesmo setor e dia, abrimos mais 7 boulders novos, o morro da antena cada vez que vamos la sai algo novo, o lugar é ouro mesmo!!!

Logo após alguns dias tocamos a barca eu, André, Júlio, Filipe da Sul Adventure, Zig e Aline para o novo point de escalada esportiva da região sul, que fica localizado em Retiro da União, Sombrio - SC a falésia do “Seu Zizo” foi recentemente descoberta por um amigo nosso o “Tartaruga”, quem abriu a primeira via no setor foi o Edmilson (Goiaba) e o Pedro ambos de Sombrio.

Sentido Horario: Aline / Galera no rango e no descanso / Grillo escalando

Aline Zig Galera Via nao morra namaguideráz VIIc Via nao morra namaguideráz VIIc 3

Via nao morra namaguideráz VIIc 6 Via nao morra namaguideráz VIIc 9 Via nao morra namaguideráz VIIc 10 Via nao morra namaguideráz VIIc 2

Escalada peculiar, o pico oferece fortes vias espotivas em arenito sólido. O setor ainda precisa de mais umas vias prontas para guiar, mas as que ja existem estão sensacional!!! Fiquei vidrado e malhando o dia todo a via Não morra namaguideraz VIIc?? a cadena não saiu, o negativo é danado e eu sou um fraco…hehehe, mas o sangue ta no olho, e na próxima vai!!! Bati mais um pino para proteger um lance do fim, porque tava meio longe da parada, e a via é filé mignon, boas agarras e regletes em negativo, sensacional!!! Breve voltarei lá…agradeço a parceria do Julio, André, Filipe, Zig e Aline, um especial agradecimento ao Filipe que tirou minhas melhores fotos em vias esportivas, valeu Filipe!!! Também vale lembrar a presença do escalador local Davi, ele que é da igreja Bola de Neve e está começando no esporte agora, e como todos viram tem um ótimo potencial!!! (não é pra motivar, tem potencial mesmo.)

Após isso tudo, fiquei uma semana só surfando devido ao calor, e ministrei meu primeiro curso básico de escalada em rocha, para o André e Alicia, grandes alunos, amigos aqui da região que estão morando na Suécia e estão de visita no Brasil.

Fim de ano na praia e sonzeira reaggea rock gospel!!!

DSCN0018 DSCN0028 DSCN0049

No dia 31 foi só surf denovo o dia todo e a virada com amigos da igreja fazendo maior sonzeira reggae rock na beira da praia com mesa de fruta avontade!!! Glória a DEUSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSS!!! E na tarde do dia primeiro de 2011 fomos dar uma ralada nos dedos eu e Marçal no setor “curto e grosso” do Cavalinho, Pedra do Frade em Laguna, e abrimos mais um boulder “Calcanhar de Aquiles VIIb/c??” e repetimos mais uns 7 boulders do setor.

Assista o vídeo, deixe carregar alguns segundos…


Desejo para todos que leram até aqui, um feliz ano novo, e que o Senhor nos proteja de toda “queda” em 2011, e vamos ralar os dedos galera, fazer mais um pouco de história!!!

Grande abraço!!!
Grillo.

Loading...