Paraíso para escaladores

 
Paraíso para escaladores

Texto e fotos: Juliana Falchetti  http://mundo5ht.blogspot.com/2011/12/paraiso-para-escaladores.html#more

Nando mandando um negativo. (Projeto V5?)

Só encontro essa definição para um lugar fantástico que conhecemos hoje em Imbituba/SC. O Nando já tinha feito a maior propaganda do pico e hoje resolvemos conhecer o tão falado paraíso. E não é que o Nandinho tinha razão? O lugar é incrível e fica localizado no costão, no lado esquerdo do porto de Imbituba. Saímos bem cedo da cama e fomos meio acordados meio dormindo de Tubarão até a praia. A caminhada até o primeiro setor levou quase meia hora e serviu para dar uma aquecida e curtir a paisagem. Passamos um dia incrível na companhia do Nando, Felipe Lorenzon e da Flávia Maccari. Os boulders exigiram muito e eu, é claro, saí toda rocha e lanhada. rsrs

 

Du, Flávia, Nando e Felipe fazendo a aproximação até o primeiro setor de boulders.

Du escalando a via em móvel…

Nando mandando o boulder "Levíticos".

Eu, subindo de seg e recolhendo as costuras.

É claro que teve um banho na super Jacuzzi natural!

Na finaleira, mortos de cansados e sem mais nenhuma gota de água potável.

Veja MAIS FOTOS  em Mais Informações.

Beijos da Ju. 

 

Jugular V0

 

Jugular Vo

 

 

Levíticos V0

Êxodo V0

Habacuque V2

 

 

 

Lagartixa abrindo uma via…

 

Olha a onda, olha a onda!

O Du e o Felipe não estavam nem aí, já o Nando...

Cadê o Nando?

Na bolsa, uma cachacinha em garrafa de plástico, no coração, dois amigos do peito

Pirmeiras vias KM 37


Aproximadamente dois anos atraz, tive a oportunidade de conhecer o setor do km 37 em Laguna SC. Na ocasião com PH, Gil, Leandro e Paulo Bote, e fiquei impressionado pela quantidade e qualidade de rochas “intocadas” existentes neste lindo setor, blocos de vários tamanhos e estilos espalhados ao longo da extensa montanha… voltei pela segunda vez com uns amigos para um passeio rápido e saiu mais uns 4 novos boulders e higboulders!

1DSC_10582 DSC_1077 3DSC_1105 4DSC_1135

1 – Ùnico jeito de descer de alguns boulders… 2 – Helena lascando as unhas! 3 – Grillo Boulder Saída pela Esquerda V0 4 – Jú  Boulder Saída pela Esquerda V0 . Mais fotos no blog da Ju e do Dú: http://mundo5ht.blogspot.com/2011/10/boulder-irado-em-laguna.html

Mas nesta terceira volta ao pico, a intenção era conhecer os blocos avistados da cachoeira no topo do morro, e alguns outros que eu havia avistado de longe, que pareciam boas fendas. Saímos eu e Dú de Turabão sexta final de tarde direto para acampar na cachoeira. Como chegamos um pouco dia ainda, devido ao horario de verão, instiguei meu amigo a dar uma caminhada de reconheceminto e assim foi… e conforme íamos andando a empolgação ia aumentando e daqui a pouco ja estavamos correndo, pareciamos que nem criança pequena empolgada com brinquedo novo, e para nossa surpresa chegamos em menos de 20 minutos ao topo do morro, onde planejavamos no dia seguinte. O lugar é muito bonito mesmo, e a caminhada no outro dia até a primeira via não da 10minutos! Acampamos na cachoeira, fervemos uma feijoada pronta ao som das águas e um lindo luar sem nuvem alguma completava nosso acampamento. Dia seguinte, café com água da cachoeira e agilizamos nossa saída. Chegamos na primeira fenda e saiu uma bela via Mozart Catão VI+ E2 14mtr e logo depois dei uma pilhada no Dú pra dar uma guiadinha em móvel e saiu mais uma via, curta porém muito bonita, no topo do morro num lindo bloco que sai uma árvore de dentro num baita  visual, via Feijoada Completa IV E1 6mtr.

1 Imagem11282 Imagem11293 Parobé_Laguna_SC
4Croqui Parobé

1 – Foto do topo do morro visto da cachoeira 2 – Fenda aguardando Cams! 3 – Localização do setor 4 – Croqui

Depois recebemos uma ligação de nosso amigo Geferson Calvette e fomos ao encontro dele, e adivinha , saímos a explorar e achamos um novo setor de boulders, e num só bloco de 4mtrs mais de 7 linhas!!! È eu sei, É MUITA PEDRA!!!

Deus abençõe em nome de Jesus a sua vida!!!

O que você valoriza?

 

O que você valoriza?

Há alguns dias, assisti aos depoimentos de um surfista profissional, ganhador de vários títulos, umsharper renomado e um empresário do automobilismo e considerei as suas histórias. Chamou-me a atenção, especialmente o fato de que, apesar das conquistas, da fama e da (consequente) recompensa financeira, esses homens não se sentiam completos até que tivessem tido um encontro com Jesus. É disso que quero tratar hoje.

A Bíblia Sagrada instrui, no capítulo 12 do Evangelho de Lucas (nas palavras de Jesus) a que nos acautelemos da avareza “[p]orque a vida de um homem não consiste na abundância dos bens que ele possui” (v. 15b). Esse texto mantém-se atual porque aborda a cultura do materialismo, vigente nas sociedades de todos os tempos.

No mundo em que vivemos, por exemplo, infelizmente, cultiva-se o pensamento de que quanto mais possuirmos e conquistarmos, em termos materiais, mais seremos felizes. Com isso, não são poucos os que cedem espaço para um monstro interior, que, à medida que se agiganta, transforma-os em pessoas superficiais e consumistas, que colocam na aquisição de bens (de uma peça de roupa a uma propriedade) a chave para os sentimentos de paz, amor e felicidade.
De fato, o dinheiro pode traduzir-se em sensações de prazer e bem-estar. No entanto, como enfatizado por Jesus, o homem não vale por aquilo que possui. Assim, o engano da idéia de que o dinheiro é tudo está no apego e amor a ele. O homem deve ser medido por aquilo que é, sendo, certamente, o seu caráter o determinante do seu valor.

Por exemplo, o dinheiro revela-se inútil diante de um casamento destruído, uma doença incurável, o descontrole emocional, a perda dos amigos, a solidão e tantas outras mazelas, nas quais a prosperidade financeira não pode interferir. E sabemos que a idéia dos egípcios de que as riquezas levadas consigo para o túmulo lhes garantiria a felicidade eterna há muito demonstrou-se enganosa.  
A chave está, assim, no questionamento daquilo que valorizamos e, principalmente, em colocarmos o aspecto espiritual da nossa existência acima das outras coisas. Um outro fato é que o valor que temos não é medido pelos homens e seus padrões de julgamento, mas por Deus. É o Pai quem determina a nossa identidade e o nosso valor. O que temos a fazer, então, é buscarmos um encontro com ele. Nele estarão os valores eternos e a essência da felicidade.

Em Cristo,

Ap. Rina  


Igreja Evangélica Bola de Neve
Rua Clélia, 1517 - Lapa / São Paulo - SP
Cultos: Quinta as 20h, Domingo as 10h, 16h (tradução em Libras) e 19h, estamos na Rua Clélia e
Sábado as 20h continuamos na Rua Turiassu, 734 - Perdizes
Para saber os horários de cultos na sua cidade acesse o site: www.boladeneve.com

Sonzeira reggeazera!!! Aumenta o som!!!

Nova via tradicional na área!

 

Texto: Geferson “Jamais” Calvette      http://www.sementecristal.med.br/

GMT existe!!!! (20)

Nutcracker

A temporada se alongou em 2011. Saiu mais uma via na Pedra do Leão em Gravatal e as avaliações preliminares indicam que será uma das clássicas do setor. A avaliação dos conquistadores, isto eu e o Nando, achamos que ficará 6º sup E2 80 m, a confirmar após repetições. A via que recebeu o nome GMT EXISTE escolhido em consenso pelo GMT já é antiga mesmo antes de nascer pois ela já era um projeto iniciado por mim e pelo Marius de Floripa há uns 7 anos e permaneceu parada com 2 chapas colocadas por ele e me parece sem nenhuma repetição (?).

PB020270PB020274PB020281PB020290PB020293

Primeira investida.

Após sabados de muito trampo finalmente saiu. A via original começada pelo Marius inicia próximo ao bloco onde fica a via MELZINHO NA CHUPETA um lance um pouco exposto até a primeira chapa e então entra em uma fenda em arco que apelidamos de NUTCRACKER (em alusão a via do Yoshemite) ,  que na ultima repetição o Nando equipou com uma sequência de Nuts. Coisa linda mesmo, veneno garantido. Sai da fenda em um trecho vertical com uma seqüência de 6 chapas só de cristais até a parada dupla. Tem que prestar atenção no arrasto da corda e colocar custuras longas no zig zag.

A 2ª cordada foi conquistada nesta sábado a segue mais positiva e mais zig zag até a BARRIGA. Após costurar em uma chapa no inicio da travessia segue um lance técnico de equilíbrio em cristais para fazer o domínio do outro lado da barriga e então proteger com um Cam 3 e mais três ou quatro peças na sequência que podem ser Cam 1 e 2 repetidos ou 0.75 em buracos. Fica bomba a colocação. Após a última peça móvel faz o domínio para rampa de acesso a parada no cume que é a mesma da via BRINCO DE MORCEGO. O rapel pode ser feito no bloco da esquerda e depois até a base.

GMT existe!!!! (24)GMT existe!!!! (22)GMT existe!!!! (4)GMT existe!!!! (30)

Achamos interessante alongar a via e conquistamos uma variante, a GMT EXISTE KING SIZE IV E2 que sai  a uns 5 metros a esquerda da saída da via BRINCO DE MORCEGO, com um esticão até a primeira chapa de mais ou menos 10mtrs em cristais meio podres e depois até o PLATO DO COCÔ para entrar no fenda e seguir na via original. A linha é exigente sempre com soluções técnicas muito variadas. È como se diz, toda conquista tem uma magia especial. Entrosamento, trabalho de equipe, perrengues não faltaram. E tem também o lado hilário que foi ajudado pelo Júlio e Marçal que estiveram lá pra conferir.

Prá fechar ainda teve a revoada de morcegos que aos milhares saem das fendas ao entardecer, bonito. Antes de ir embora, já no carro o Mate saideiro e boas risadas, pena que a gurizada tava com pressa, pois parece que as patroas estavam com saudades.

Fica o convite para os escaladores da região fazerem a repetição e confirmarem a graduação. Eu já tenho vontade de voltar lá.

GMTexiste

Croqui.

PB020285

Loading...