Via Cheirinho de Terneiro

Relato;

No sábado passado, eu (Nando), Gonça e Julio fomos escalar na pedra do leão a via Cheirinho de Terneiro 4° VI E3, conquistada por PH (Paulo Henrique) e integrantes do GMT. O intuito dessa escalada era terminar de conquistar, o ultimo bloco, esse que deve dar uns 10 metros a mais, do ponto onde PH havia parado.

Tínhamos feito uma investida eu e o Gonça há um tempo atraz, e até avançamos um pouco mais de onde PH havia parado, sendo que o Gonça conseguiu subir no bloco e colocou mais um pino “na pressão” pois cair ali não seria nada legal, quem conhece sabe o que estou falando. Após esse ultimo pino foi minha vez de colocar o próximo, estudamos e olhamos bastante e decidimos que faríamos uma travessia de uns 5 metros para direita desse último pino e depois subir reto para o cume. De onde o Gonça bateu o pino existe seguindo em linha reta “até” uma linha, mas muito sinistra, pois se trata de uma fenda muito rasinha, para poucos micro nuts, e também nada legal se cair ali. Então resolvemos fazer mais um pouco de travessia e depois toca reto. Equipos, marreta etc etc etc pendurado, mas na hora de ajustar o clif não deu coragem, pois estávamos na boca do escurecer, sem lanternas e meu psicológico já estava bem abalado, pois guiar um VI E3 pra mim era novidade, não agüentei a pressão e desescalei...


Já dessa vez me sentia mais confiável, devido aos treinos e escaladas em lugares diferentes como, Torres, Corupá, Floripa e também nossas vias da região... Então agilizamos a barca e as seis da manha de sábado, depois de uma boa oração, já estávamos na pedra, cheia de sereno, com as leds já que o sol sairia somente as 6:40 da manha. A ida de uma terceira pessoa, o Júlio no caso foi interessante, pois nos ajudou muito com o carregamento dos alimentos e na função de registrar os momentos. As oito e uns quebrados já estávamos partindo novamente para o bloco pra tentar finalizar a via, sendo que dessa vez o crux de VI E3 ficou pro Gonça passar, pra eu poder chegar mais tranqüilo no final do bloco e terminar a conquista.

Marreta, clifs etc etc etc opostos, parti para o tudo ou nada, fiz a travessia, bati o penúltimo pino e ficamos novamente pensando por onde finalizar. Eu havia pensado em fazer mais um pouco de travessia, tipo uns 3 metros e depois subir reto, pois havia uma seqüência de cristais, e não era tanto vertical. Mas depois de uns 10 minutos de reflexão com o Gonça, ficou decidido ir reto agora, desse ultimo pino que eu havia colocado, e assim foi, uma parte que continuou deixando a via exposta. Não sei direito se era a vontade de terminar logo a via, ou a pilha que o Gonça colocou que me fez ir. Só sei que depois de pensado muito, e analisado os riscos, sendo que esse na escalada sempre haverá, então “TOQUEI A BARCA”, segui em frente.

Uma outra seqüência de cristais, só que mais vertical, não dava pra ver se realmente eram cristais seguros, mas pareciam ser bons. Numa determinada parte, "PRESSÃO TOTAL" tentei colocar um clif para descansar, vi o cristal podre sacando junto com clif, não tinha jeito, tinha que continuar! A poucos metros do fim, uma agarra, uma agarra te traz a tranqüilidade de terminar o lance, e graças a DEUSSSSSSSSSSSS não cai, e cheguei ao cume da pedra do leão, ou melhor, da via pra finalizar. A comemoração com os parceiros foi grande, pois eles também estavam bem apreensivos. Gonça veio logo na seqüência e comemoramos no cume da via. Muitas fotos e um vídeo “pra galera” especialmente para PH, o papai do Gonça hehehe...foi feito!
A graduação sugerida por mim e por Gonça foi 4° VIIA E3 mesmo ele vindo em top confirmou a graduação. Lógico que precisamos dos amigos para confirmar!

Descrevo tudo isso sentindo a mesma adrenalina que senti na hora, tento passar a mesma sensação para vocês, e espero que tenham curtido!

Nesse um ano e quatro meses de escalada, essa foi a experiência mais “insana” que tive! Tenho lido muitas coisas sobre conquistas, e realmente isso que fizemos deu para se ter uma idéia de como ótimos e exemplos de escaladores como PH (Nosso mentor), Bito Meyer etc passam e se sentem durante suas conquistas. Fizemos um pouco de história, e isso é muito bom!


Nando/Grillo

video

6 comentários:

  1. Felipe "Lagartixa" Lorenzon19 de janeiro de 2010 05:08

    Parabéns pelo término da via.
    Mais uma excelente conquista pra região.

    Forte abraço.

    ResponderExcluir
  2. Nando e Gon}a

    Parabêns...vcs estao fazendo histôria aî na regiao!

    Estou na Patagönia...quando retornar entro em contato!

    abracos andinos

    ResponderExcluir
  3. Vcs dois são muito raros

    No entanto, quero parabenizá-los pelo empenho. É esse empenho que vai ajudar a perpetuar a escalada em rocha no sul catarinense.

    abçs PH

    ResponderExcluir
  4. Belo trampo, heim galera?
    A muerte...

    []'s cerratenses!-)

    ResponderExcluir
  5. Valeu raça pelos comentarios...
    Esse dia foi uma bençao! IRADOOOOOOOOO!!!
    Forte abraço a todos!!!
    Nando

    ResponderExcluir

Loading...