Escalada Morro dos Ingleses. Parte II

Escalada Morro dos Ingleses, Florianópolis /SC – Parte II


Escalada Abaixo de Mau Tempo.


Quinta-Feira dia 25 de março de 2010, dia chuvoso e com uma cara de que não iria parar de chover tão cedo. Foi quando meu telefone touca era o Fernando ligando pra combinarmos uma escalada no dia seguinte bem cedo. Apesar de toda chuva que caía e da previsão do tempo ser de uma sexta-feira chuvosa; decidimos seguir com o combinado. Após se perder em Florianópolis o Nando chegou à minha casa para passar a noite e acordarmos bem cedo a fim de escalar.

Choveu a noite inteira, mas pela manhã tinha parado de chover e o tempo estava apenas nublado. Às 6 horas da manha já estávamos de pé seguindo em direção as vias. Sabíamos que a pedra não estaria em uma boa condição para ser escalada, mas a vontade era tanta que com chuva ou sem chuva, pedra seca ou molhada eu estava decidido a entrar na via. Chegando à base da via constatamos que estava tudo como prevíamos em alguns pontos a pedra mais parecia uma cachoeira. Equipamos-nos e começamos a escalar a via Estilo Albino Vsup.

Apesar de toda água na pedra a ascensão ocorreu sem muitos problemas, não fosse alguns escorregões e o fato do Nando ter que parar em um platô para colocar o café da manhã pra fora nada de diferente teria ocorrido. Ainda bem que eu estava guiando aí não precisei passar pelos dejetos do dele... hehehehehehe... Concluímos a via e fizemos o rapel por uma via ao lado; na descida analisamos alguns lances e apesar da chuva que começou a cair resolvemos escalar ela também. Dessa vez o Nando foi guiando a via Acorda Narigão 5º VIIa.

Tivemos alguns problemas para passar o crux devido a pedra estar bem molhada, mas, após várias tentativas o Nandinho mandou ver e seguiu direto até o final da via. Daí por diante foi tudo tranquilo, segui subindo até o cume onde encontrei o Nando extremamente cansado e com a cabeça feita por essa experiência de escalar debaixo de chuva. Realmente foi algo ímpar na minha curta vida de montanhista, escalar na chuva, com pedra molhada e muita adrenalina correndo nas veias foi excelente.

Aos meus amigos de rocha e a todos montanhistas que queiram conhecer a vias aqui dos ingleses deixo, desde já, a porta da minha casa aberta e a parceria firmada jflorenzon@gmail.com é só entrar em contado.


Abraço a todos!

Felipe Lorenzon.

.................................................................................................................................

Algumas Notas:

Realmente, essa escalada na chuva foi algo muito melhor do que eu esperava. Ter que literalmente confiar na sapata e nas mãos para não cair, foi algo que me trouxe uma experiência de aprendizado que vai me ajudar muito no montanhismo. O tempo (veja fotos) não estava nada bom mesmo, o 7a pra mim se tornou um 7b/c, e nossa teimosia e instigassera nos fez passar por uma situação muito louca. Graças ao Papai do Céu e nossa cautela ao fazer cada movimento, não nos machucamos. Ja o cagão (desculpa ser franco) no platô de mato a 30 metros de altura, também foi algo que não são muitas pessoas no mundo que conseguem essa proeza heim...kkkkk (até o papel nós tinha esquecido, ainda bem foi o tnt da snake que salvou a pátria hehehe...)

Nesse setor, todas as vias são legais, mas a Acorda Narigão 5º VIIa ficou linda, foi uma das melhores que já fiz, parabéns aos conquistadores!


Pra quem nao leu a primeira parte da escalada no pico dos Ingleses acesse:

http://nando-grillo.blogspot.com/2010/02/find-de-gala.html)


Jah Bless! Nando-Grillo.


4 comentários:

  1. é isso aí...perrengue às vezes é bom!

    abçs PH

    ResponderExcluir
  2. Cagão da montanha!!kkkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  3. Ahh Pois é, como diz meu amigo Pedro Hauck: A situação faz o barro! hehe...

    Nando-Grillo

    ResponderExcluir
  4. tu fez isso Nando? tinha que ser...outro nao faria tamanha proeza, kkkkkkkkkk.
    alias, vou colocar e deixar de prontidao dentro dessa tua mochila, pra evitar outro imprevisto.
    Helena.

    ResponderExcluir

Loading...