Fim de temporada? Quem que disse? NOVO SETOR!

 

serra-catarinense-ganha-mais-beleza-no-momento-do-nascer-do-sol-1346097763139_615x300

A temporada de escalada pela Serra Geral em SC parece estar bem prolongada este ano. Estamos praticamente em Novembro, quase no verão, e neste exato momento que escrevo este post, os parceiros Geferson Calvette e Filipe Ronchi, estão na serra abrindo mais uma via! O calor na serra não é legal, além do abafo, os bichos saem para passear, tornando perigoso pra nós. Mas a instigação aos novos setores tem nos motivado muito…

Na primeira investida no setor das primeiras vias abertas na Serra do Rio do Rastro a uns meses atrás, junto do escalador Bruno Alves de Garopaba, na ida paramos num mirante que tem logo no inicio da subida da serra, para dar uma curtida no visual. È um mirante de onde você consegue avistar as eólicas no topo da serra. Avistamos uma parede que fica deste outro lado da serra do Rio do Rastro, fiquei da cara com a coloração do arenito, o que indicava ser uma parede muito boa. Saímos para trabalhar no setor e fiquei com essa outra parede na cabeça. O Ronchi disse ter ja avistado ela de longe também, e estava louco pra ir conhecer.

 DSCN0020 DSCN0039

Esse local fica localizado na nascente do rio Tubarão, conhecido como Rio da Rocinha, situado no Blue Canion. Bem logo no inicio da subida da serra vai avistar a esquerda uma igreja, a entrada é uma estrada de chão antes da igreja, passando por uma indústria de carvão, e para você chegar tem de passar por diversas porteiras de terrenos particulares, até chegar em uma que tem cadeado, e pra passar de carro tem de pedir permissão para o sr Poli, dono deste terreno onde fica a porteira chaveada. Aproveito para reforçar o esquema do acesso a este lugar, VOCE DEVE PEDIR PERMISSÃO! Todo o local é terreno particular, incluindo o local onde esta a Pedra Redonda onde é novo setor de escalada. Ligar para o sr Poli no celular  (48) 8473-6801  e dizer que é nosso conhecido, acho que melhora as chances de liberação. Ou, pode deixar o carro nesta porteira e ir pelo rio até a trilha de acesso, o que é pior, ja que da pra ir de carro até mais pra dentro. Passando pela porteira do Poli anda mais 1km mais ou menos e deixa o carro, segue a trilha dor aproximadamente 1hr, isso se tiver com a mochila pesada. O acesso e a trilha são muito bom!

DSCN0036 PA210239 PA210234 (2)

Eu e o Geferson gastamos uns 2 dias para achar e liberar a trilha. A primeira vez começamos a abrir por uma linha imaginária, mas estava um tempo meio quente e abafado, com o mato bem fechado e não rendeu muita coisa. Na segunda tentativa, depois de uma conversa com o irmão do Poli, que disse que os antigos passavam com bois próximo da rocha, aproveitamos e entramos nesta mesma trilha, que para nossa surpresa e alegria passava muito próximo da rocha mesmo. Uma manha com facão e foice na mão nos bastou para reativar essa trilha e abrir mais um pequeno trecho, onde conseguimos encostar na rocha juntos, felizes da vida!

PA210215 PA210216 PA210225DSCN0070 DSCN0074 DSCN0080

Depois disto voltamos mais duas vezes e abrimos quatro vias, destas, uma é esportiva e as outras três estão inacabadas, pois sempre fomos pra escalar e voltar no mesmo dia, não dormimos ainda lá, o que não deu de fazer cume, e essas linhas depois dos 25 metros, ficam mais complexas. O setor tem muitas fendas, toda em arenito sólido. A parede deve ter entorno dos 100m. Sonhávamos com o local a semana toda, era a semana inteira com isso na cabeça, loucos pra voltar. O lugar é lindo demais! A primeira linha foi a via Crazy Diamond (até o momento com 20m VIIb E2?) com um offwith xarope pra caramba no final antes da parada em móvel. Depois saiu a via Galo Véio e Garnisé VIIb/c E1? 25m, via Jamais VIIIa E1? 25m (inacabada com uma parada dupla pra rapel) e a Via Picitacidio VIIa/b? (inacabada também até o momento.)

Realmente estar escalando nestes locais tem sido maravilho! È entusiasmante ficar contemplando tudo aquilo que Deus criou e desfrutar disso.

A temporada acabou? essa não posso te responder…

Forte abraço!

Grillo.

3 comentários:

  1. Irado nando! Com certeza vou querer conhecer.
    Abraços,
    Elton

    ResponderExcluir
  2. Fico pensando o que me motiva estar nestes lugares: Amizade, Parceria, Fissura por fendas, Contemplação, Aventura, Perrengue, Paixão pelas montanhas, Natureza, Reverencia ao Criador... Sei que eu estava lá, e a sensação era muito boa. Depois ficaram 5 lindas linhas sendo a última aberta com o Filipe: Irmãos Giuliani em homenagem ao Poli e Walter que são os proprietários.
    Vamos lembrar sempre que o acesso ao local depende do respeito a ética local e concordâcia dos proprietários.
    Mas vale muuuito!
    Geferson

    ResponderExcluir

Loading...